G.P.S.C. de Montargil
informação
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Tópicos similares
Últimos assuntos
» MUSEU ONLINE
Ter Abr 29, 2014 8:17 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Dom Abr 27, 2014 7:27 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Sab Abr 26, 2014 11:22 pm por lino mendes

» MUSEU OINLINE
Sab Abr 26, 2014 9:29 pm por lino mendes

» MUSEOLOGIA
Sab Abr 26, 2014 9:21 pm por lino mendes

» JORNAL DOSSABORES
Sex Abr 25, 2014 8:55 am por lino mendes

» LITERATURA
Ter Abr 22, 2014 9:36 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:33 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:31 pm por lino mendes

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Rádio TugaNet
Geo Visitors Map
Agosto 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
CalendárioCalendário

Compartilhe | 
 

 MUSEU

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
lino mendes
Admin


Número de Mensagens : 869
Data de inscrição : 27/06/2008

MensagemAssunto: MUSEU   Qua Set 10, 2008 8:20 pm

História de Montargil
Folhas dispersas

MUSEU— Oficina Cultural
de História Artes e Ofícios Tradicionais


A História não se faz de silêncios, pelo que importa registar o porquê dos insucessos quanto à instalação de um MUSEU em Montargil, para que amanhã os que nos sucederem não se questionem por um vazio de vários anos, face às potencialidades existentes, incluindo a garantia de que o espólio de Santo André viria para Montargil logo que para tal existissem condições.

“Quanto ao espolio recolhido em Santo André, ele foi ainda em vida do senhor João Rosa Viegas depositado no Museu Nacional de Arqueologia onde faz mais sentido do que neste museu monográfico. O seu director, o Dr. Francisco Alves concordou em receber os materiais até que haja um museu em Montargil. As peças que inicialmente tinham sido expostas no Museu de Arqueologia e Etnologia de Setúbal ainda se mantêm lá, a pedido da directora Drª Joaquina Soares”( 11/1990—Drª Adília Alarcão -Directora do Museu Monográfico de Conímbriga)

A existência de um Museu é um sonho muito antigo e plenamente justificado.Entretanto…

Ponto 1
O edifício da Casa do Povo não tinha condições para receber o espólio, pelo que a primeira grande oportunidade surge quando a professora Castela Dias e o marido , Dr. .Jaime Fernandes, durante um “Encontro de Defesa do Património” realizado em Março de 1984, informaram que um terreno que acabavam de adquirir seria a sua primeira oferta para que o Museu pudesse vir a ser uma realidade.
Mas tudo terá parado, quando o Gabinete Técnico da Câmara Municipal não concordou com a volumetria proposta pela p+rof. Castela Dias.

Ponto 2
Renasce a esperança quando surge a possibilidade de se adquirir com custos relativamente baixos, o velho lagar do Dr. Sousa Prates .Um dos dois herdeiros, elabora mesmo um interessante projecto. No entanto e na hora da verdade, os custos são 30 000 contos, e os apoios europeus não contemplavam a aquisição..
E mais uma vez o sonho cai por terra.

Ponto 3
É a situação que se vive no momento, e basta para já que a Câmara Municipal garanta o espaço necessário no loteamento do Laranjal .A sua construção teria/ terá que ficar para um futuro possível, pois quando se anunciam uma série se obras sabe-se que não haverá capacidade para que o seja no imediato.
Naturalmente o edifício seria/ será propriedade da Autarquia, embora e por razões óbvias consideramos que o Grupo de Promoção deva estar na Comissão Instaladora através de um representante não remunerado
A ideia é da Dr.ª Ivone Canavilhas, que naturalmente acompanhará o projecto.


30/08/08
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
MUSEU
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Meu Museu - Leandro
» VIII Convenção Nacional - IPMS / Curitiba/PR - 5/6-Dez
» Museu Scarlet

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
G.P.S.C. de Montargil :: História e Património :: História de Montargil-
Ir para: