G.P.S.C. de Montargil
informação
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Tópicos similares
Últimos assuntos
» MUSEU ONLINE
Ter Abr 29, 2014 8:17 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Dom Abr 27, 2014 7:27 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Sab Abr 26, 2014 11:22 pm por lino mendes

» MUSEU OINLINE
Sab Abr 26, 2014 9:29 pm por lino mendes

» MUSEOLOGIA
Sab Abr 26, 2014 9:21 pm por lino mendes

» JORNAL DOSSABORES
Sex Abr 25, 2014 8:55 am por lino mendes

» LITERATURA
Ter Abr 22, 2014 9:36 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:33 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:31 pm por lino mendes

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Rádio TugaNet
Geo Visitors Map
Outubro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
CalendárioCalendário

Compartilhe | 
 

 o comer da nossa gente

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
lino mendes
Admin


Número de Mensagens : 869
Data de inscrição : 27/06/2008

MensagemAssunto: o comer da nossa gente   Qua Ago 20, 2008 9:08 pm

O comer da nossa gente



Sabe-se que as pessoas mais pobres viviam com muita dificuldade, pois é verdade que nalgumas casas uma sardinha era para duas ou três pessoas, e muitas vezes se comia o pão de milho tendo o pão de trigo como conduto. Aliás, o meu pai nem queria ver o pão de milho à sua frente, visto que fora só o que comera até aos vinte anos. No entanto, Castro Fernandes dizia que esta gente sempre foi auto abastecida. Viveu sempre da cortiça( os ricos, claro),e da agricultura, pois que embora havendo alguns latifúndios, muitos tinham a sua courela “onde semeavam batatas, feijão e grão e donde colhem fruta e azeite”.E não vamos aqui esquecer o pão caseiro, pois embora não saibamos da existência de qualquer “forno comunitário”, muitas casas tinham o seu, que ainda existem embora uns inactivos e um ou outro funcionando de vez em quanto.

Uma coisa é certa, ontem mais do que hoje, comia-se para viver
Era essa a preocupação daqueles que nos antecederam. E se recuarmos algumas décadas no tempo, vamos encontrar a hoje cozinha tradicional como uma verdadeira radiografia de uma terra, de uma região. Era certamente uma comida mais saudável, já que apenas se recorria a produtos naturais, à base de ingredientes da própria região.

Rica quanto ao seu conteúdo, a gastronomia de Montargil nas suas vertentes de culinária, bolaria e doçaria, sem esquecer alguns licores e mesmo o queijo ,não pode perder-se. Trata-se de um património que importa utilizar( se devidamente recolhido e estudado) adaptando-se ainda quando disso for caso, aos tempos actuais.




Comecemos por registar alguns “pratos” que sabemos fornecidos por alguns restaurantes:
SOPA DE CAÇÃO/ MIGAS DE ESPARGOS COM CARNE DE PORCO/ BROZULAQUE/ AÇORDA ALENTEJANA/GASPACHO/ SOPA DE PEIXE/ BORREGO ESTUFADO/ ENSOPADO DE CAQBRITO/ SOPA DE PÉZINHOS DE PORCO/ MIGAS DE BATATA, COM LOMBO DE PORCO E CHOURIÇO/ MIGAS À ALENTEJANA/ SOPA DE CARNE/ ENTRCOSTO DE PORCO e aos quais acrescentamos: outros::

MIGA DE BATATA, COM CARNE, CHOURIÇO E TOUCINHO FRITO/ SOPA DE CEBOLA COM BACALHAU/ FEIJÃO DE MOLHO, COM BATATAS E OVOS ESWCALFADOS/ AÇORDA COM BACALHAU/ FEIJÃO COM COUVE/ CANJA DE GALINHA/ PAPAS DE ESPETO.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Manuel Mendes

avatar

Número de Mensagens : 10
Idade : 56
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Bazulaque / Brozulaque   Qui Set 04, 2008 12:11 pm

Bom dia Amigo.
Na sua mensagem fala-nos de receitas tradicionais entre elas o brozulaque, como não conhecia o nome, perguntei na net e descobri esta receita que em tudo se assemelha ao que se faz no concelho de Abrantes de onde sou natural, apenas o nome é diferente.
Deixo-lhe aqui a receita pois pode ser util para valorizar este espaço.
Caso não seja igual á receita tradicional, pois que seja retirada.
Um abraço


Bazulaque



Tempo: Rápido
Dificuldade: Fácil
Custo: Médio

Ingredientes


A fressura e o sangue de 1 leitão
1 cebola grande
2 colheres (de sopa) de azeite
50 g de banha
1 ramo de salsa
1 colher (de sopa) de vinagre
Sal e pimenta
2 colheres (de sopa) de vinho tinto
Agua

Modo de Preparo

Corta-se a fressura aos bocadinhos pequenos. Faz-se um refogado com a cebola, a banha, o azeite e a salsa. Juntam-se as fressuras, o sal, pimenta e golinhos de água para cozer. Quando cozido, adiciona-se o sangue misturado com o vinagre e o vinho e deixa-se aferventar. Serve-se com batatas assadas.

País / Região
Portugal /
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Amélia Rita



Número de Mensagens : 14
Data de inscrição : 29/08/2008

MensagemAssunto: Re: o comer da nossa gente   Qui Set 04, 2008 1:39 pm

CACHOLA DE CALDO tongue



Cachola
Deixa-se fritar um pouco de azeite e adiciona-se cebola cortada aos bocadinhos, frita-se mais um pouco e junta as miudezas de porco, salsa e alhos pisados, louro, pimenta, cravinho e noz moscada. Deita-se água e deixa-se cozer.
À parte corta o pão às fatias finas e rodelas de laranja. Junta-se ao caldo um pouco de sangue do porco previamente cozido, retira do lume e deita o caldo sobre o pão e a laranja.


Última edição por Amélia Rita em Qui Set 11, 2008 2:30 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
lino mendes
Admin


Número de Mensagens : 869
Data de inscrição : 27/06/2008

MensagemAssunto: o comer da nossa gente   Seg Set 08, 2008 8:05 pm

CARO MANUEL MENDES


P>or aqui, BROZULAQUE é o nome dado ao BORREGO GUISADO.E breve aqui teremos a respectiva receita.

Nâo há motivos para retirar aa receita,antes pelo contérioi.

um abraço

LINO MENDES
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: o comer da nossa gente   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
o comer da nossa gente
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» á nossa saude....pessoal do MTP....
» Olha eu aqui, gente!
» Arrábida/ Choco Frito 9 Out
» Asura Sychi
» Auditório Al Motta

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
G.P.S.C. de Montargil :: Comunicação DIVULGAÇÂO :: Gastrononia :: Gastronomia Tradicional-
Ir para: