G.P.S.C. de Montargil
informação
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Tópicos similares
Últimos assuntos
» MUSEU ONLINE
Ter Abr 29, 2014 8:17 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Dom Abr 27, 2014 7:27 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Sab Abr 26, 2014 11:22 pm por lino mendes

» MUSEU OINLINE
Sab Abr 26, 2014 9:29 pm por lino mendes

» MUSEOLOGIA
Sab Abr 26, 2014 9:21 pm por lino mendes

» JORNAL DOSSABORES
Sex Abr 25, 2014 8:55 am por lino mendes

» LITERATURA
Ter Abr 22, 2014 9:36 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:33 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:31 pm por lino mendes

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Rádio TugaNet
Geo Visitors Map
Agosto 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
CalendárioCalendário

Compartilhe | 
 

 Médica de baixa - Centro de Saúde de Montargil encerrado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Luís Manso



Número de Mensagens : 435
Idade : 55
Localização : Montargil
Data de inscrição : 22/07/2008

MensagemAssunto: Médica de baixa - Centro de Saúde de Montargil encerrado   Qui Fev 26, 2009 4:41 pm

Li no "FONTE NOVA" a seguinte notícia:

O tempo passa e parece que os problemas no Centro de Saúde de Montargil acrescem. Depois do problema da falta de médicos, a única profissional de saúde efectiva, que acumula funções de directora clínica, acabou de meter baixa. Neste momento, a unidade encontra-se encerrada.

"A única médica ao serviço permanente acabou por meter baixa médica até ao dia 2 de Março, até lá o Centro de Saúde vai estar sem médico", revela António Teles, da Comissão de Utentes de Montargil.

Lamentando esta situação que deixa bastante consternada a população, António Teles não acredita que a sua resolução esteja para breve. "Certamente que vai ficar por resolver", até porque "havia uma médica que vinha ao Centro de Saúde fazer um dia por semana, mas que tem faltado frequentemente, o que deixa a extensão de Foros de Arrão também sem médico", denunciou.

Note-se que os cerca de quatro mil utentes são, na sua maioria, idosos e com poucos recursos, têm agora que se deslocar a outras unidades de saúde, nomeadamente o Centro de Saúde de Ponte de Sor ou até ao Hospital de Abrantes.

Para além dos muitos quilómetros que têm de fazer, António Teles frisou que os constrangimentos para os utentes não se ficam por aqui. "Muitas vezes as pessoas chegam a Ponte de Sor e têm de pagar a ambulância de ida e regresso, porque na credencial não lhes é colocado um carimbo como sendo uma situação urgente. Isto é um grande transtorno tendo também em conta que se tratam de pessoas que vivem apenas da agricultura e têm reformas na ordem dos 200 euros. Se tiverem de se deslocar a Ponte de Sor duas ou três vezes por mês ficam sem dinheiro e depois não têm recursos para poder comprar, por exemplo, alimentos", revelou.

Sem médico no Centro de Saúde até Março, pelo menos, a Comissão de Utentes ainda não reuniu com a população e ainda não se sabe quais as próximas medidas a tomar. Contudo, António Teles mostra-se convicto de que "tudo o que estava ao nosso alcance foi feito".

Até ao momento, a Co-missão de Utentes nunca baixou os braços. Depois de um buzinão, do envio de uma carta aberta à ministra da Saúde "que não nos atendeu e nem se dignou a responder-nos", e de várias deslocações à Assembleia da República, a Comissão aguarda audiências com os deputados do PS e do PSD.

Ainda no mês de Dezembro a Comissão foi recebida pelos deputados do PCP, Bloco de Esquerda e Partido Ecologista Os Verdes (PVE), e encontra-se agora a agendar uma data para uma audiência com o CDS/PP.

Apesar de todos estes esforços, os resultados têm sido muito poucos e, por essa razão, António Teles considera que a resolução dos problemas no Centro de Saúde de Montargil "não está nas mãos da Comissão de Utentes, mas sim dos responsáveis locais e nacionais".

Recordando que na unidade de Montargil já houve internamentos com 12 camas e urgências 24 horas por dia, António Teles lamenta que, actualmente, já não existam urgências e o Centro de Saúde tenha ficado sem médico.

"É lamentável. Estamos a regredir no tempo. Quando imaginávamos que o direito à saúde também se aplicava à Freguesia de Montargil, neste momento isso não acontece. As pessoas são privadas de um direito que está na Constituição da República Portuguesa. Pagamos impostos tal e qual os outros cidadãos do País e depois estamos nesta situação. Parece que estamos desprotegidos daquilo que são os direitos mais elementares, que é o direito à saúde", declarou com tristeza.

Textos: Catarina Lopes

In Jornal Fonte Nova
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Médica de baixa - Centro de Saúde de Montargil encerrado
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Centro Musical Do Condado De Los Angeles
» '32-Hiboy!
» dica para a cloth myth revolution
» Telefones dos Correios de Curitiba
» [Indicação] Miseinen Dakedo Kodomo Janai

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
G.P.S.C. de Montargil :: Comunicação DIVULGAÇÂO :: Noticias de Montargil-
Ir para: