G.P.S.C. de Montargil
informação
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Tópicos similares
Últimos assuntos
» MUSEU ONLINE
Ter Abr 29, 2014 8:17 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Dom Abr 27, 2014 7:27 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Sab Abr 26, 2014 11:22 pm por lino mendes

» MUSEU OINLINE
Sab Abr 26, 2014 9:29 pm por lino mendes

» MUSEOLOGIA
Sab Abr 26, 2014 9:21 pm por lino mendes

» JORNAL DOSSABORES
Sex Abr 25, 2014 8:55 am por lino mendes

» LITERATURA
Ter Abr 22, 2014 9:36 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:33 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:31 pm por lino mendes

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Rádio TugaNet
Geo Visitors Map
Agosto 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
CalendárioCalendário

Compartilhe | 
 

 Entrevista a Luso-poemas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
pedrolopes

avatar

Número de Mensagens : 353
Idade : 39
Localização : http://www.youtube.com/user/pedrolopes777
Data de inscrição : 20/09/2008

MensagemAssunto: Entrevista a Luso-poemas   Sab Dez 13, 2008 1:19 am

Entrevista completa no link: http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=23



Luso-Poemas - Quando começaste a escrever poemas?
PedroLopes - Desde muito cedo senti necessidade de encontrar no papel um refúgio onde pudesse encontrar uma forma de expressão para os sentimentos que lhe varriam a alma.

Escrevendo para a gaveta num pequeno bloco de notas, fui acumulando alguns trabalhos mais ou menos poéticos.
Até que abri o meu primeiro Blog (Agosto de 2006) e se deu uma revolução na minha escrita, passando a assinar artigos quase diáriamente, em princípio em prosa poética depois aventurei-me na poesia e nunca mais parei até hoje.

L.P. - Tens algum livro publicado ou gostarias de ter?
P.L. - O sonho de qualquer escritor é editar e eu não sou excepção e todos dias luto para voltar a editar.
Neste momento tenho 4 livros publicados e ainda este mês sairá uma colectânea de 20 autores na qual participo com 5 poemas.
Tenho já outra obra poética "PASSIONE" escrita, esperando apenas apoios para a sua publicação.
Como escrever me dá imenso prazer e não tenciono parar estou a escrever 2 novos Romances ainda sem título.

L.P. - Tens comentado bastantes poemas! Achas que deves seguir a filosofia de comentar para ser comentado, ou comentar o que realmente te desperta interesse? Que achas dos comentários depreciativos? Achas que o comentário deva ser uma crítica? Ou um agradecimento?
P.L. - Não acho que se deva seguir uma política de comentar para ser comentado, mas sim comentar tudo aquilo que nos despertar interesse...
Acho que o comentário deve ser utilizado para exprimir uma opinião. Seja ela boa ou menos boa.
E o poeta não deve ficar chateado se não agradou a Gregos e a Troianos ao mesmo tempo.
Para mim bem pior que uma crítica menos boa é não ser comentado.
Não acho que se deva de agradecer a alguém que faz aqulo que lhe dá prazer.

L.P. - Como encontraste o site?
P.L. - Encontrei o site por acaso numa pesquisa sobre poesia. Foi paixão à primeira vista, desde então raro é o dia que não entre para ver as novidades...

L.P. - Qual a tua opinião sobre ele, gostarias de fazer alguma sugestão?
P.L. - Na minha opinião o site é uma irmandade, e é isso que o torna tão especial para mim. Os seus participantes não se limitam a comunicar através de comentários, desenvolvendo fora do site contactos que levam a uma união e amizade muito fortes, prova disso mesmo foi a deslocação do Valdevinoxis e Tália ao Lançamento do meu livro "Plenitude do Sentir" em Ponte Sor, aos quais agradeço imenso aqui publicamente.
Quanto a sugestões tenho feito algumas e espero fazer mais no sentido de melhorar, pois sinto este site também como meu. Penso mesmo que todos os luso poetas se sentem assim. Sendo mesmo uma das mais valias do site poder conctatar directamente com o administrador dar sugestões e opiniões...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://pedro-lopes-livros.blogspot.com
pedrolopes

avatar

Número de Mensagens : 353
Idade : 39
Localização : http://www.youtube.com/user/pedrolopes777
Data de inscrição : 20/09/2008

MensagemAssunto: Entrevista para o Cultura,Arte & Literatura   Sab Dez 13, 2008 1:26 am

Entrevista total no link: http://literaturaemanalise.blogspot.com/2007/05/entrevista-ao-escritor-pedro-lopes.html



J.F. O "Um Amor Perfeito numa Vida Imperfeita" é o teu primeiro livro?

P.L. Não, é o meu 4 livro mas o primeiro no género de Romance.


J.F. Tens mais projectos na gaveta à espera de serem libertados para o mundo editorial? Prosa? Poesia de novo?

P.L. Sim, tenho um novo livro de poesia intitulado “Passione” e espero edita-lo um pouco antes do natal

J.F. O que consideras mais complicado? Escrever poesia ou prosa? Porquê?

P.L. Eu escrevo em ambas as vertentes quer prosa e prosa poética como também poesia. Considero que escrever em prosa é muito mais complicado, sobretudo quando escrevemos uma história com várias personagens que temos de interligar entre si.


J.F. Qual a sensação de ver um livro com o teu nome, publicado?

P.L. A sensação é em muito semelhante ao nascimento de um filho. É algo tão esperado que se torna uma sensação indescritível.

Mesmo que o façamos várias vezes será sempre como a primeira vez… outra sensação magnifica é ir a uma livraria e por acaso descobrires o teu livro como já me aconteceu, é muito bom…

J.F. Em termos literários, acreditas na inspiração?

P.L. Sim acredito. É algo que nos acompanha, uns dias mais que outros, que vai mas sempre volta…

É ela que nos faz escrever, que nos motiva que nos faz chegar mais além…

J.F. Qual é a tua profissão?

P.L. Operário Fabril

J.F. Quanto tempo dedicas à escrita ou é um processo totalmente livre?

P.L. É um processo totalmente livre. Por vezes dedico quase todo tempo livre que tenho, por outras não dedico tempo algum…

J.F. O teu livro é uma edição de autor, correcto? Como foi o processo? Foi moroso?

P.L. Tenho alguns livros de edição de autor… Mas este ultimo romance “Um Amor Perfeito” numa Vida Imperfeita” foi uma aposta de uma editora que aposta em jovens autores.

J.F. Quando começaste a escrever? Alguma razão em particular?

P.L. Comecei a escrever desde que me conheço por gente, é algo que está profundamente ligado ao meu ser, ao meu interior, ao meu sentir…

J.F. Escolhe um poema de um dos teus livros.


P.L. Amar…

Amar é chorar como quem ri

É tremer de frio e sentir calor

É perder sangue sem dor

É estar triste quando sorri.

Amar é acordar sem ter dormido

É sentir o coração nas mãos

É suar sem se mexer, é gemido

É intenso querer fazer Amor contigo.

Amar é andar mesmo sem pernas

É ser odiado e gostar de ti

É perder a cabeça e não apenas

É teu perfume no ar, eu senti.

Amar é sem reino ser Rei

É lutar sem espada

É ser humilhado e dizer Amei

Amar multiplicação de sentir centrado em ti…


Pedro Lopes – Reminiscência de Infinito Sentir – Edições Ecopy

-------------------------------------------------
Obras de Pedro Lopes:

Reminiscência de Infinito Sentir - Edições Ecopy (Poesia)
Plenitude de Sentir - Editorial Minerva (Poesia)
Um Amor Perfeito Numa Vida Imperfeita - CorposEditora (Romance)
Postumus' Est - Edições Ecopy (Poesia)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://pedro-lopes-livros.blogspot.com
 
Entrevista a Luso-poemas
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Podcast Revolution #013 - Entrevista com Tio Alex.
» Pins para troca - HERCULES C.F
» Entrevista com TIO ALEX. Façam suas perguntas!!!
» Piloto da FAB(54mm)
» Podcast Revolution #005 - Entrevista com o Kirx

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
G.P.S.C. de Montargil :: Eventos, Recreação e Cultura :: Literatura-
Ir para: