G.P.S.C. de Montargil
informação
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Tópicos similares
Últimos assuntos
» MUSEU ONLINE
Ter Abr 29, 2014 8:17 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Dom Abr 27, 2014 7:27 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Sab Abr 26, 2014 11:22 pm por lino mendes

» MUSEU OINLINE
Sab Abr 26, 2014 9:29 pm por lino mendes

» MUSEOLOGIA
Sab Abr 26, 2014 9:21 pm por lino mendes

» JORNAL DOSSABORES
Sex Abr 25, 2014 8:55 am por lino mendes

» LITERATURA
Ter Abr 22, 2014 9:36 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:33 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:31 pm por lino mendes

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Rádio TugaNet
Geo Visitors Map
Agosto 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
CalendárioCalendário

Compartilhe | 
 

 ACÇÃO CULTURAL online

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
lino mendes
Admin


Número de Mensagens : 869
Data de inscrição : 27/06/2008

MensagemAssunto: ACÇÃO CULTURAL online   Qua Jan 09, 2013 1:07 am

]

JANEIRO/2013
Grupo de Promoção Sócio-Cultural de Montargil



:Embora cada um dos Núcleos disponha de autonomia, o nosso projecto cultural assente nas seguintes bases programáticas:
1)-Cultura Tradicional como valor” identitário”, tendo ainda uma vertente que consideramos “interpretativa de etnografia e folclore;
2)-Criatividade, preferencialmente a partir do tradicional;
3)-Inovação
4)-Socialização/Democratização da Cultura



TEMAS A CONCURSO

IV CONCURSO DE CURTA-METRGENS



O tema é livre e alguma surpresas poderão ,sendo que o evento ainda está gatinhando ao mesmo tempo que procura um “espaço específico”


Jogos Literários Montargil 2013


O tema é “Profissões”e são realizados nas modalidades de “quadra popular” e “conto curto” ,e a entrega de prémios será durante um espectáculo PRAÇA DA CULTURA, que para quem nos visita passou a ser uma “marca” dos mesmos ,que se afirma pela qualidade e pela inovação.

REGULAMENTOS:
Ver em “montargil.forum-livre.com”(“Noticias de Montargil”)



Grupo MEMSAGEM de Teatro



Não estava previsto, mas 12 elementos deste grupo foram convidados a integrar o elenco do “Teatro da Terra” sedeado em Ponte de Sõr e dirigido pela consagrada Maria João Luis, para integrarem o espectáculo
Manuel José Prates, responsável pelo MENSAGEM conta-nos como foi


Terminou no passado dia 5 de Janeiro a série de cinco espetáculos apresentados pelo Teatro da Terra, realizados no Centro de Artes de Ponte de Sor. Este espectáculo (Réveillon) teve para nós, elementos do Mensagem de teatro do GPSC de Montargil-que sempre gratificante... Da nossa participação fez parte a criação, caracterização seguimos de perto os trabalhos encenados e produzidos por Maria João Luís, um sabor muito especial: fomos convidados a integrar o, alguns elementos ficaram privados de partilhar connosco esta experiência, de todo eexploração de personagens-tipo em ambiente de baile com recurso, entre outros, á dança, música, gestualidade, etc. para além da participação em alguns quadros em que alguns dos nossos actores tiveram o privilégio de contracenar com alguns dos maiores nomes do teatro da actualidade tudo isto em ritmo de revista á Portuguesa.


O balanço final desta actividade é de todo positivo. A princípio o grupo estava um pouco apreensivo pois o facto de expor a sua inexperiência ao profissionalismo de nomes tão sonantes da actualidade resultou um pouco constrangedor. Mas depressa se verificou que eram receios completamente infundados: a amizade e o carinho com que fomos recebidos fez-nos sentir em família, despertou a nossa vontade de aprender e como se diz na gíria “demos tudo o que tínhamos”, facto que nos granjeou alguns elogios. É facto comprovado que todos “crescemos” bastante o que ajuda a minimizar o cansaço resultante de um ritmo de trabalho para nós alucinante. Desta actividade, para além da aprendizagem, resultou também um convívio salutar entre todos os elementos do elenco-agradeço a todo o ambiente amistoso e familiar em que decorreram os trabalhos. Àqueles (as) que connosco partilharam a sua experiencia, o seu saber, a sua amizade e nos acolheram nessa grande família -o Teatro – Bem-haja. Devo também referir que o grupo será reforçado em breve no seu numero de elementos.
Esta participação não estava prevista no nosso plano de actividades assim como a que estamos de momento a preparar. Não tenho ainda em meu poder dados concretos para poder precisar a forma de colaboração mas posso adiantar que irá ser um trabalho conjunto de amadores e profissionais, com apresentação no cine-teatro e digressão pelo concelho. Em breve reuniremos para agendar e definir a







TOMAR

A fim de participar num evento de solidariedade,4 pares do GRUPO DE DANÇA DE SALÃO DE MONTARGIL estiveram, com agrado geral em TOMAR, actuado perante uma “plateia” de 130 pessoas.



O Núcleo é actualmente constitudo por 30 elementos,e numa linha de inovação que se aplaude já fez em Vila Viçosa a pré estreia do espectáculo SONHAR( 1 hora)






JANEIRO



Estamos em Janeiro do ano de mil novecentos e vinte e tantos. E como na sua enorme sabedoria o povo diz, é tempo de ter " um porco ao sol e outro no fumeiro" isto é, tempo de ter um "bácoro" no "rodeio" a engordar e é também tempo de "matança" para na "salgadeira" se guardar a carne para o ano.

Entretanto, na Charneca o "trabalhador do campo" faz a sua lida. É preciso semear o pão, por isso há que " arrancar o mato" e há que "cavar", E de bois engatados à charrua"lá se vai também "regando" e "arrancando carvalheiras".

É também tempo da "apanha da azeitona", quer nos olivais familiares, quer em olivais de outros onde se trabalha à percentagem.

É preciso sustentar os filhos e a fome mete medo, por isso homem e mulher e também o rapaz e a rapariga (os filhos) tudo trabalha.

A CHARNECA fica por vezes muito longe, é demorado chegar até lá, até porque caminhos feitos a pé, por vezes descalços. E assim, à semana ou à quinzena lá se vai de farnel aos ombros (os homens) ou à cabeça (as mulheres).

À noite "puxam" para as cabanas onde instalam o "quartel". E onde à ceia e à luz da "lanterna" contam contos e histórias para melhor fazer passar o serão.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
lino mendes
Admin


Número de Mensagens : 869
Data de inscrição : 27/06/2008

MensagemAssunto: JORNADAS HISTÓRIA E PATRIMÓNIO   Dom Jan 27, 2013 9:39 pm

A verdade é que o ambiente que rodeou esta “tarde cultural” (Jornadas de História e Património) me tocou profundamente, como sinal que foi de uma maturidade que importa assinalar”, de um claro exemplo de que “com menos é possível fazer mais”.


Estava a transbordar o acolhedor Auditório da Misericórdia local, que sendo embora um recinto pequeno tinha mais de uma centena de pessoas,número bastante bom tratando-se de um colóquio sobre cultura. Também é verdade que a seguir havia o aliciante da música popular portuguesa,mas no final do colóquio era por assim dizer generalizada a ideia de que “fora uma lição que se ouvira com muito agrado” .Aliás,o Dr. José Sardinha fala sempre “para ser compreendido”, pois sabe “comunicar”, sabe do que fala e do tempo certo para o fazer.
Fôra o FORUM CULTURA, ia-se entrar no FOLEGIL, ou seja no desfile de “foles” (Harmónio, Concertina e Acordeão).E uma “inovação que enriqueceu o espectáculo,o da ligação entre os “tocadores” ser feita pela velha mas “bela” “Maria das Couves”( uma excelente interpretação de Patrícia Jordão).




Grupo de Concertinas de Ourém, Grupo de Concertinas de Montargil, Gonçalo Fouto,José Alves Jacinto, Joaquim “Rato” (Avis),Cristiana Ventura, Patrícia Prates e Jenny Santos(Salvaterra de Magos)
Um “espetáculo”! Vontade promissora de quem se está a iniciar; qualidade a rodos dos restantes .Era uma expressão de maturidade cultural.

E antes que o encerramento se fizesse com todos os tocadores em palco e o bailarico cá em baixo, ao som da respectiva música, espontaneamente Custódio Alves, da velha guarda e Miguel Mendes bailaram (e de que maneira) o fandango.
Verdadeiros momentos de alegre e são convívio, e o próprio José Sardinha se mostrava encantado com o trabalho que aqui se está a desenvolver, pelos momentos que ali acabara de viver.
E um registo final: não foram esquecidos Bernardo Fouto e Sertório, ausentes por razões ponderosas.
Foi/é MONTARGIL EM MOVIMENTO.
Lino Mendes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
ACÇÃO CULTURAL online
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Loja Hachioji Toy
» Cards Saint Seiya
» TROCA DE AUTOCOLANTES - ADHESIVOS
» Ajuda, Fiz uma compra no ebay.
» Loja Toy Biz

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
G.P.S.C. de Montargil :: Comunicação DIVULGAÇÂO :: Noticias de Montargil-
Ir para: