G.P.S.C. de Montargil
informação
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Tópicos similares
Últimos assuntos
» MUSEU ONLINE
Ter Abr 29, 2014 8:17 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Dom Abr 27, 2014 7:27 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Sab Abr 26, 2014 11:22 pm por lino mendes

» MUSEU OINLINE
Sab Abr 26, 2014 9:29 pm por lino mendes

» MUSEOLOGIA
Sab Abr 26, 2014 9:21 pm por lino mendes

» JORNAL DOSSABORES
Sex Abr 25, 2014 8:55 am por lino mendes

» LITERATURA
Ter Abr 22, 2014 9:36 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:33 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:31 pm por lino mendes

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Rádio TugaNet
Geo Visitors Map
Outubro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
CalendárioCalendário

Compartilhe | 
 

 MONTARGIL --o pulsar de uma terra (1)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
linomendes



Número de Mensagens : 328
Data de inscrição : 16/06/2010

MensagemAssunto: MONTARGIL --o pulsar de uma terra (1)   Qui Out 20, 2011 5:21 pm


EM NOME DA HISTÓRIA

MONTARGIL
--o pulsar de uma terra(1)


Goste-se ou não se goste, e as revoluções nunca agradaram a toda a gente, o 25 de Abril é uma data marcante na nossa História, foi o caminho aberto para a Liberdade e para a Democracia. Certo que não foi para o país que hoje temos que os seus promotores saíram à rua, mas está muito errado quem considera estar pior que no dia 24.É que, pese embora e em minha opinião se atravessar o mais negro momento no pós revolução, o país é bem melhor do que então e bastava a existência da Censura, da Polícia Política e da Guerra Colonial para o condenar.
Mas não estamos bem e é preciso inverter a situação, pois estamos hoje num sistema claramente ao lado do capital quando a justiça social aponta outros caminhos. Mas torna-se imperioso o despertar das novas gerações que nada sabem do que foram os caminhos de Abril, muito menos o que era o Estado Novo.
De certo modo acompanhei em Montargil a evolução política. Tive expectativas, tive receios, tive esperança, tive medo. Mas talvez porque quer profissionalmente, quer no campo da cultura, tinha uma actividade de aproximação com a população, sem esconder a minha opção partidária circulei sempre respeitado por entre as diversas facções. Se pudessem falar, as paredes da Casa do Povo poderiam contar as grandezas e as misérias da Reforma Agrária, um emblema de revolução que aqui teve um dos seus pólos principais. E que hoje passados cerca de quarenta anos começa a ser tempo de com mais frieza se pode escrever a História, continuo com a convicção de que a mesma era inevitável mas poderia ser feita de outro modo.
Mas paremos por aqui não sem dizer que estou tentado a realizar em Montargil uma CONFERÊNCIA DE ABRIL, assim consiga participantes para com “pensares diferentes” sejam garante de uma isenção que afaste todo o género de fundamentalismos, pois é um contributo para a História que se pretende.
Lino Mendes

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
MONTARGIL --o pulsar de uma terra (1)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Passeio a Marvão (Internacional) - 11 de Maio
» Poderes da Mística (Nível Exclusivo)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
G.P.S.C. de Montargil :: Comunicação DIVULGAÇÂO :: Noticias de Montargil-
Ir para: