G.P.S.C. de Montargil
informação
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Tópicos similares
Últimos assuntos
» MUSEU ONLINE
Ter Abr 29, 2014 8:17 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Dom Abr 27, 2014 7:27 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Sab Abr 26, 2014 11:22 pm por lino mendes

» MUSEU OINLINE
Sab Abr 26, 2014 9:29 pm por lino mendes

» MUSEOLOGIA
Sab Abr 26, 2014 9:21 pm por lino mendes

» JORNAL DOSSABORES
Sex Abr 25, 2014 8:55 am por lino mendes

» LITERATURA
Ter Abr 22, 2014 9:36 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:33 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:31 pm por lino mendes

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Rádio TugaNet
Geo Visitors Map
Dezembro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
CalendárioCalendário

Compartilhe | 
 

 PÁGINAS DE VIDA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
linomendes



Número de Mensagens : 328
Data de inscrição : 16/06/2010

MensagemAssunto: PÁGINAS DE VIDA   Sex Set 23, 2011 9:20 pm

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
Página
de
Vida



Compreendo perfeitamente aquela mulher já na casa dos setenta ,e que olhando para o edifício do Lar da sua terra,.o fazia com um misto de alegria e de tristeza. De alegria porque sabia ter ali onde bem tratada podia passar o resto da sua vida; de tristeza porque os filhos que ela criara com tanto sacrifício e tanto amor não podiam agora tratar dela.
Lembrei-me então de uma velha lenda:
Em tempos remotos e paragens distantes, era costume ,quando um ancião não podia mais trabalhar ,levá-lo até ao cimo de um monte ,dando-lhe um pão e uma manta para se resguardar enquanto aguardava a morte .Mas um dia, há sempre um dia nestas historias, o ancião partiu a manta ao meio e dando metade ao filho disse-lhe, toma, para quando chegar a tua vez. E então o filho compreendeu que “filho és pai serás.”
Certo que hoje os pais não são levados ao cimo do monte ,mas são despejados em “Lares” que ,por melhor que sejam ,não impedem que ali definhem de solidão, já que alguns filhos raro ou mesmo nunca mais se preocupam com eles.
Curioso o apelo que estará ainda à entrada da porta do Lar de Idosos da Marinha Grande e que diz assim:
Pára…Olha para mim!
E sorri.
Dá-me a tua mão.
Conversa comigo,
Dá-me um pouco do teu tempo .
Ouve-me, tenho tanto para te contar!
Sabes? Já fui nova como tu
Enérgica, alegre ,feliz,
Já sonhei, já amei ,
Já corri, dancei,
Tal e qual como tu
Construí o meu lar
Tive os meus filhos!
Vivi para eles,
Tirei da minha boca para lhes dar
Esqueci-me de mim
Dei-me toda a eles!
O tempo passou
A minha pele enrugou
Os meus olhos deixaram de ver.
Já não te ouço bem
As minhas pernas vacilam
Por isso estou aqui
Ás vezes, estou só
Olho para trás, recordo,
Onde estarão todos?
Os familiares, os amigos,
Os filhos!
Onde estão os meus filhos?
Não me deixes só
Preciso tanto de ti
Por isso…pára, olha para mim!
Este apelo foi escrito por uma jovem então estagiária nos respectivos serviços—Olga Vitoria Maia Pinto Santos—farta de ver como idosos eram ali “depositados” sem nunca mais ninguém os procurar. E se hoje aqui o lembramos , fazê-mo-lo na esperança de que você, se é filho, coloque também este apelo à entrada da sua consciência..
Escreveu: Lino Mendes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
PÁGINAS DE VIDA
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Dúvida] Poseidon ROE e Cloth Myth's EX
» [Sinopse] Segredos da Vida
» Desabafos da Vida
» Olá a todas
» Mais uma dúvida!!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
G.P.S.C. de Montargil :: Comunicação DIVULGAÇÂO :: Noticias de Montargil-
Ir para: