G.P.S.C. de Montargil
informação
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Tópicos similares
    Últimos assuntos
    » MUSEU ONLINE
    Ter Abr 29, 2014 8:17 pm por lino mendes

    » MUSEU ONLINE
    Dom Abr 27, 2014 7:27 pm por lino mendes

    » MUSEU ONLINE
    Sab Abr 26, 2014 11:22 pm por lino mendes

    » MUSEU OINLINE
    Sab Abr 26, 2014 9:29 pm por lino mendes

    » MUSEOLOGIA
    Sab Abr 26, 2014 9:21 pm por lino mendes

    » JORNAL DOSSABORES
    Sex Abr 25, 2014 8:55 am por lino mendes

    » LITERATURA
    Ter Abr 22, 2014 9:36 pm por lino mendes

    » O LIVRO
    Ter Abr 22, 2014 9:33 pm por lino mendes

    » O LIVRO
    Ter Abr 22, 2014 9:31 pm por lino mendes

    Buscar
     
     

    Resultados por:
     
    Rechercher Busca avançada
    Rádio TugaNet
    Geo Visitors Map
    Outubro 2017
    DomSegTerQuaQuiSexSab
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    293031    
    CalendárioCalendário

    Compartilhe | 
     

     LURDES BREDA

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
    AutorMensagem
    lino mendes
    Admin


    Número de Mensagens : 869
    Data de inscrição : 27/06/2008

    MensagemAssunto: LURDES BREDA   Ter Out 26, 2010 11:47 pm

    LURDES BREDA

    [URL=http://illiweb.com/fa/pbucket.gif]

    É um rosto de sorriso fácil. Um sorriso nascido na sua própria simplicidade e no amor de todos aqueles que a rodeiam. Um sorriso que brota da fertilidade da terra. Um sorriso que irradia a luz do sol, que desabrocha no perfume das flores e se dispersa no abraço do vento até aos confins da fantasia…
    Considera-se um ser humano privilegiado pelo afecto que os outros lhe dedicam e pelo dom da escrita. Do seio da Natureza flúi a inspiração, que dá vida às palavras, com que inunda a brancura do papel.
    A sensibilidade e a criatividade são instrumentos fundamentais, que utiliza na elaboração dos seus textos, recamando-os depois, com a multiplicidade dos sentimentos e das emoções experimentadas no quotidiano.
    Quando acredita que determinado percurso é o mais certo para os objectivos a que se propõe, é obstinada em segui-lo. Possui, todavia, uma enorme capacidade de improviso, face às adversidades inerentes a qualquer vivência.
    Se tivesse que apontar alguns dos seus defeitos, não hesitaria em dizer que é teimosa, demasiado perfeccionista e extremamente distraída. Ironicamente, ou talvez não, muitas são as pessoas, que após lerem o que ela escreve, lhe dizem ser boa observadora. Pensa então, para consigo mesma, que o que tem é uma imaginação demasiado fértil…
    Subtilmente influenciada por autores clássicos, cujos livros leu avidamente na adolescência (Eça de Queirós, Júlio Dinis, Trindade Coelho, Almeida Garrett…), a sua escrita traduz por vezes alguma sobriedade e um vocabulário relativamente elaborado, traduzindo-se numa vasta adjectivação.
    Crê-se uma pessoa prática e realista, identificando-se, contudo, com muitos dos temas e dos ideais, relacionados com o período do Romantismo. O que não obsta, a que tanto na prosa como na poesia, utilize uma linguagem moderna e livre.
    E é em liberdade que ela se sente, quando a construção dos cenários que elabora nos seus textos, a levam em viagens extraordinárias, fora de qualquer tempo e de qualquer espaço. São justamente essas viagens, que têm o poder de lhe emprestar as asas fugidias, que estende sobre as fronteiras do sonho…
    Julga que também à literatura cabe um papel de intervenção social. Gosta por isso de empregar as faculdades literárias que possui, em iniciativas que despertem a consciência da sociedade para (por exemplo) a problemática da integração da pessoa deficiente.
    É uma idealista irremediável e tenta ver ser sempre o lado bom da vida. Talvez porque só assim, algumas coisas lhe pareçam infinitamente mais suportáveis…
    Imerso em realidade, o sonho será sempre o amigo secreto que a leva pela mão…
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Ver perfil do usuário
     
    LURDES BREDA
    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
    Página 1 de 1
     Tópicos similares
    -
    » Sol de Inverno [Parte II] [Estreia 16 de setembro]

    Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
    G.P.S.C. de Montargil :: Eventos, Recreação e Cultura :: Literatura-
    Ir para: