G.P.S.C. de Montargil
informação
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Tópicos similares
Últimos assuntos
» MUSEU ONLINE
Ter Abr 29, 2014 8:17 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Dom Abr 27, 2014 7:27 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Sab Abr 26, 2014 11:22 pm por lino mendes

» MUSEU OINLINE
Sab Abr 26, 2014 9:29 pm por lino mendes

» MUSEOLOGIA
Sab Abr 26, 2014 9:21 pm por lino mendes

» JORNAL DOSSABORES
Sex Abr 25, 2014 8:55 am por lino mendes

» LITERATURA
Ter Abr 22, 2014 9:36 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:33 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:31 pm por lino mendes

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Rádio TugaNet
Geo Visitors Map
Agosto 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
CalendárioCalendário

Compartilhe | 
 

 CENTENÁRIO DA REPÚBLICA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
lino mendes
Admin


Número de Mensagens : 869
Data de inscrição : 27/06/2008

MensagemAssunto: CENTENÁRIO DA REPÚBLICA   Dom Out 03, 2010 10:53 pm

IMPLANTAÇÃO DA REPUBLICA
5 de Outubro de 1910/2010

Quando se comemoram os cem anos da sua existência posso afirmar sem medo de errar, que a grande maioria dos portugueses ignora que vivemos numa República, desconhece as bases que a caracterizam, quais as diferenças essenciais em relação à Monarquia.No entanto, foi há cem anos (5 de Outubro de 1910) que a mesma foi implantada em Portugal. Mas ao que parece, o conhecimento da História deixou de interessar no nosso País.

Como compreenderão, não vou aqui e agora fazer a apologia de uma ou de outra forma de Governo, apenas deixar uns tópicos que os leve a interessarem-se por um estudo mais profundo da matéria.

A origem da República remonta à Roma clássica, e é uma forma de Governo em que o povo, através do voto livre e secreto, com intervalos regulares de tempo, escolhe o Presidente. Hoje existem a República presidencialista, e a República parlamentarista (a que vigora no nosso país). Por sua vez a Monarquia é um regime que tem o monarca,o Rei como chefe de estado. Neste caso não existem eleições, o povo não escolhe, já que o “poder é transmitido ao longo da linha sucessória”.

Entretanto, e para os monárquicos,”o monarca é quem melhor desempenha as funções de chefe de Estado por ter sido preparado para ele, por não pertencer a nenhum partido político e por não depender de campanhas eleitorais e nem de financiamento eleitoral”
A isto contrapõem os republicanos, que a República “está em oposição à tirania”( João de Barros),”é um conjunto de homens unidos pelo direito, onde todos os cidadãos estão ligados entre si por uma aliança pública, estão à uma, absolutamente de acordo no que respeita à salvação pública”(D. Jerónimo Osório).

Entretanto, Fernando Pinto (Diário do Sul-4/10/2007) diz que “ a república é a própria essência da democracia” e onde “ é possível proclamar que todos nascem livres e iguais em direitos e deveres”, enquanto na monarquia”uns têm direitos e deveres que outros não têm”, onde”existem destinos traçados antes de se nascer”



Tudo se consumou em 5 de Outubro de 1910, mas o primeiro sinal tinha sido dado muito antes, em 31 de Janeiro de 1891, com a revolta republicana no Porto. Entretanto, o Rei D. Carlos e o Príncipe D. Luiz Filipe são assassinados em 1 de Fevereiro de 1908, enquanto o Rei D. Manuel II, que lhes sucede, assiste à abertura das Cortes em 29 de Agosto de 1908.

Em 5 de Outubro de 1910 e até 1926 governa então a “Primeira República Portuguesa”, período de situação instável devida às divergências entre os próprios republicanos, e durante o qual houve 7 Parlamentos, 8 Presidentes da República e à volta de 50 Governos.


Entretanto não será de omitir, tanto mais que num país de tradição católica a ideia que se criou de que ser republicano é ser contra a Igreja. E na verdade, logo em 8 de Outubro ,Afonso Costa publica os decretos “anticlericais” que inclusivamente determinam a expulsão da Companhia de Jesus. Mas a política evolui em função do tempo e do espaço, e hoje temos uma República que inclusivamente legaliza um Partido Monárquico.
Certo que a Constituição que nos rege, impõe uma governação laica. Mas atenção que um país ser laico não significa ser contra a Igreja, mas sim que não pode impor uma religião oficial. No nosso pais, aliás, está instituída a liberdade religiosa.

Lino Mendes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
CENTENÁRIO DA REPÚBLICA
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Charutos Cubanos Cohiba, Montecristo, Romeo y Julieta, etc
» Euro 2016 - Croácia, República Tcheca, Espanha e Turquia

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
G.P.S.C. de Montargil :: História e Património :: Sala da Cultura-
Ir para: