G.P.S.C. de Montargil
informação
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Tópicos similares
Últimos assuntos
» MUSEU ONLINE
Ter Abr 29, 2014 8:17 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Dom Abr 27, 2014 7:27 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Sab Abr 26, 2014 11:22 pm por lino mendes

» MUSEU OINLINE
Sab Abr 26, 2014 9:29 pm por lino mendes

» MUSEOLOGIA
Sab Abr 26, 2014 9:21 pm por lino mendes

» JORNAL DOSSABORES
Sex Abr 25, 2014 8:55 am por lino mendes

» LITERATURA
Ter Abr 22, 2014 9:36 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:33 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:31 pm por lino mendes

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Rádio TugaNet
Geo Visitors Map
Outubro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
CalendárioCalendário

Compartilhe | 
 

 Menina caída do quarto andar salva pelos braços de bombeiro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Luís Manso



Número de Mensagens : 435
Idade : 56
Localização : Montargil
Data de inscrição : 22/07/2008

MensagemAssunto: Menina caída do quarto andar salva pelos braços de bombeiro    Qui Set 23, 2010 1:01 pm

Menina caída do quarto andar salva pelos braços de bombeiro
Criança terá escapado por entre as grades de uma varanda de uma altura de cerca de 15 metros
00h30m
PEDRO VILA CHÃ, com Alexandra Lopes
Uma menina de quatro anos caiu da varanda de um quarto andar, em Arcozelo, Barcelos, e foi salva por um bombeiro dos Voluntários de Viatodos. Cá em baixo, a 15 metros, Fernando Rodrigues amparou a queda e evitou a tragédia. Eva sofreu pequenas escoriações.



Fernando Rodrigues amparou a queda

Fernando Rodrigues é o mais recente herói dos Bombeiros Voluntários de Viatodos, em Barcelos. Herói acidental, porque quis o acaso, a audácia e o sentido de oportunidade que, ontem, este voluntário estivesse no sítio certo à hora certa.

"Eram cerca das 15.30 horas. Ao contornar a rotunda, apercebi-me de que se passava qualquer coisa, mas pensei sempre que fosse um incêndio numa casa, por exemplo", relatou, ontem, ao JN, ainda tenso, Fernando Manuel Fernandes Rodrigues, 34 anos, natural de Viatodos.

O bombeiro tinha-se deslocado a Barcelos para transportar um doente ao serviço de hemodiálise que funciona em Arcozelo, quando se apercebeu, na Avenida de Nossa Senhora de Fátima, da presença de muitas pessoas num passeio, olhando para o cimo de um prédio. Aproximou-se e reparou que uma criança estava agarrada às grades de uma varanda, do lado de fora. Da parte de dentro, uma mulher, alegadamente a mãe, tentava agarrá-la. Mas a criança caiu.

Nesse preciso momento, o bombeiro, acabado de chegar ao local, só teve tempo de segurar a criança, livrando-a do impacto no passeio. "Aproximei-me das outras pessoas e ainda estive cerca de um minuto à espera, porque tinha subido uma pessoa para tentar agarrar a menina. De repente, caiu, e eu só tive tempo de estender os braços e agarrá-la. Estava lá um senhor que também me ajudou. Juntos conseguimos salvar a menina", conta Fernando, partilhando o acto heróico com um empregado dos talhos Sominho.

Impulso decisivo


Criança caiu do quarto andar

Fernando não consegue explicar o "impulso" que sentiu naquele momento decisivo, em que a vida da pequena Eva lhe caiu literalmente nos braços.

"Uma coisa é quando saímos com outros colegas e estamos seguros, outra coisa é aparecer uma situação assim, sem contar", adianta o voluntário, com 14 anos de experiência.

Horas volvidas sobre o acontecimento, Fernando não conseguia afastar do pensamento aqueles momentos. E os que se seguiram, "com a cabeça sempre a pensar no mesmo. Como estará a menina?" A esta incerteza, Fernando soma a garantia de que procurará saber o estado da Eva.

A menina de quatro anos sofreu apenas algumas escoriações mas, mesmo assim, foi transportada ao Hospital de Barcelos para despistar eventuais lesões. Ao final do dia, a criança permanecia em observações, mas livre de perigo.

Cumprida a missão, Fernando teve de seguir caminho. "Estava num serviço, salvei a menina e tive de regressar ao quartel, porque tinha outro serviço na escala".

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1668745
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Menina caída do quarto andar salva pelos braços de bombeiro
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Andar de mota no Inverno
» Menina imita o som de 151 pokémons
» Uma Quota que vai aprender como andar no forum
» Qual é o teu maior medo em cima da mota?
» Crónica Festa verão e Aniversário Xana

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
G.P.S.C. de Montargil :: Comunicação DIVULGAÇÂO :: Noticias Gerais-
Ir para: