G.P.S.C. de Montargil
informação
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Tópicos similares
Últimos assuntos
» MUSEU ONLINE
Ter Abr 29, 2014 8:17 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Dom Abr 27, 2014 7:27 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Sab Abr 26, 2014 11:22 pm por lino mendes

» MUSEU OINLINE
Sab Abr 26, 2014 9:29 pm por lino mendes

» MUSEOLOGIA
Sab Abr 26, 2014 9:21 pm por lino mendes

» JORNAL DOSSABORES
Sex Abr 25, 2014 8:55 am por lino mendes

» LITERATURA
Ter Abr 22, 2014 9:36 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:33 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:31 pm por lino mendes

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Rádio TugaNet
Geo Visitors Map
Outubro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
CalendárioCalendário

Compartilhe | 
 

 CRÓNICA DE VIRGÍLIO GOMES

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
lino mendes
Admin


Número de Mensagens : 869
Data de inscrição : 27/06/2008

MensagemAssunto: CRÓNICA DE VIRGÍLIO GOMES   Seg Ago 23, 2010 2:05 am



CRÓNICAS
DE VIGÍLIO GOMES


( em colaboração com o seu site)

Receita de REPOLGAS

Vários leitores me pedem para apresentar receitas. Não será uma prática a instalar, mas pode acontecer. Quem leu atentamente a história do “Bacalhau Espiritual” percebe a receita que o texto contém. Hoje, mais do que apresentar uma receita gostaria de escrever sobre um produto que faz parte das minhas memórias mais ricas: as repolgas.
As repolgas são um cogumelo de nascimento espontâneo na natureza, mas hoje há grande produção de cultura. Conhecidos nas zonas urbanas como “pleurotus”, sua designação comercial, o nome vem da sua identificação científica de “pleurotus ostreatus”. São constituídas por um “chapéu”, que mais parece uma concha plana, e um pé que sendo grande ou grosso se pode eliminar do consumo por correr riscos de, ao ser confeccionado, ficar mais duro. O seu sabor é leve, e por isso ser fácil de as misturar com outros alimentos. Façam uma descoberta e tentem este cogumelo.
As que eu me habituei a comer, desde criança, eram de cultura, em tenda coberta de chapa e terra batida como chão, e vários troncos de olmos, ou negrilhos, estavam dispostos e deitados e que eram aconchegados até um palmo de chão, com terra. Eram diariamente regados, e em tempo quente repetia-se a rega por duas ou três vezes. A sua produção era muito limpa e as repolgas depois de colhidas bastava limpá-las com um pano húmido. O meu avô materno tinha muita dedicação a esta cultura e sempre que o visitava para uma refeição, havia sempre repolgas à mesa. Estas eram grelhadas e regadas com sumo de limão, salteadas com alho, guisadas com legumes ou com chouriço, e muitas vezes em arroz cremoso.

Guisado de Repolgas
(À Moda de Minha Mãe)

350 g de Repolgas
1 Cebola média
1 Cenoura
2 colheres de sopa de Azeite
1 Ovo
1 colher de chá de Vinagre
1 Pão (papo seco)
Salsa
Sal
Pimenta


Primeiro tem-se o cuidado de lavar bem as repolgas, em várias águas, sendo a última para escaldar. Depois rasgam-se, com as mãos, as maiores para lhes reduzir o tamanho.

Coloca-se uma frigideira alta, ao lume, com o azeite, a cebola picada e a cenoura cortada às rodelas. Deixa-se refogar até que a cebola fique transparente.
Juntam-se as repolgas e deixam-se a refogar, tendo em atenção que largam muita água. Tempera-se a gosto com sal e pimenta.
Quando as repolgas estiverem cozidas juntam-se pedaços de pão cortado grosseiramente com as mãos e mexe-se tudo até o pão estar ensopado.
Retira-se do lume e junta-se o ovo batido com o vinagre e salsa picada, e volta-se a mexer.
Estão prontas a comer.
Podem servir de petisco, ou guarnição de um prato.

Bom apetite, e acompanhem com vinho.


© Virgílio Nogueiro Gomes

Foto de Adriana Freire
Actualizado em Sábado, 21 Agosto 2010 16:02
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
CRÓNICA DE VIRGÍLIO GOMES
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Crónica 7º Aniversário "Grupo Motard CCD 477 Oeiras
» Salamandra/ 40° Capítulo- Mônica é ameaçada por Gerald, as situações ficam tensas no cap de hoje !!!
» A Única Mulher [IV]
» Crónica da volta de domingo ao Cabo da Roca 11-3-2012
» Crónica Final de Curso da Fotógrafa PINHEIRINHO :) 08 de Outubro (fotos 1º página)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
G.P.S.C. de Montargil :: Comunicação DIVULGAÇÂO :: Gastrononia :: Gastronomia-
Ir para: