G.P.S.C. de Montargil
informação
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Tópicos similares
Últimos assuntos
» MUSEU ONLINE
Ter Abr 29, 2014 8:17 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Dom Abr 27, 2014 7:27 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Sab Abr 26, 2014 11:22 pm por lino mendes

» MUSEU OINLINE
Sab Abr 26, 2014 9:29 pm por lino mendes

» MUSEOLOGIA
Sab Abr 26, 2014 9:21 pm por lino mendes

» JORNAL DOSSABORES
Sex Abr 25, 2014 8:55 am por lino mendes

» LITERATURA
Ter Abr 22, 2014 9:36 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:33 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:31 pm por lino mendes

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Rádio TugaNet
Geo Visitors Map
Agosto 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
CalendárioCalendário

Compartilhe | 
 

 TEATRO MEDIEVAL

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Antonio Mendes



Número de Mensagens : 823
Data de inscrição : 24/07/2008

MensagemAssunto: TEATRO MEDIEVAL   Sab Maio 15, 2010 3:08 pm

Teatro Medieval
Gil Vicente—A Farsa de Inês Pereira

O período da Idade Média terá sido iniciado com a desintegração do Império Romano do Ocidente, no século V (em 476 d. C.), e terminado com o fim do império, com a Queda de Constantinopla, no século XV (em 1453 d.C.).É, por conseguinte um espaço de tempo de alguns séculos……
Gil Vicente nasceu em Guimarães ( ? ) por volta de 1465 e faleceu antes de 1540.
Foi o “Pai” do teatro português

“A Farsa de Inês Pereira foi representada em 1523, inspirada no provérbio "mais quero asno que me leve, que cavalo que me derrube".
Inês era uma jovem cansada dos trabalhos domésticos e que procurava ansiosamente por um bom casamento. Seu primeiro pretendente foi Pero Marques, um lavrador rico e honrado, porém muito tosco para atender os desejos da jovem, que sempre sonhara com um marido galante e refinado.
Inês, finalmente, casa-se com o escudeiro Brás da Mata, que lhe é indicado por dois judeus casamenteiros, Latão e Vidal. No início era galanteador e afável, após o casamento revela-se um marido tirano, daqueles que tranca a esposa em casa e coloca-a sob a vigilância dos empregados.
Pouco depois do casamento, Brás vai para uma batalha no Norte da África, atingido pelas costas por um pastor mouro quando fugia, morre e Inês fica viúva.
Agora, viúva e experiente, Inês resolve aceitar como marido o antigo pretendente Pero Marques.
Resolve também iniciar uma vida de festas para compensar o tempo que passara com o escudeiro como: ao dar esmola a um ermitão, reconhece nele a figura de um ex-namorado e marca com ele um encontro.
A peça teatral termina com Pero Marques conduzindo Inês nas costas até o local onde ela deveria encontrar-se com o amante.
A temática da peça está profundamente ligada à realidade vivida pela sociedade portuguesa da época de Gil Vicente como: o desejo de ascensão social da pequena burguesia, que vê no casamento numa forma de consegui-la, o oportunismo, o desprezo pela vida camponesa e o prestígio das maneiras cortesãs, a ignorância do rústico, embora rico a figura do camponês e sua ingenuidade, além da falta de escrúpulos que é o auge da peça.”

Personagens:
Inês Pereira: jovem esperta que se aborrece com o trabalho doméstico. Deseja ter liberdade e se divertir. Sonha casar-se com um marido que queira também aproveitar a vida.
Mãe de Inês: mulher de boa condição econômica, que sonha casar Inês com um homem de posses.
Leonor Vaz: fofoqueira, encarregava-se normalmente em arranjar casamentos e encontros amorosos.
Pero Marques: primeiro pretendente de Inês rejeitado por ser grosseiro e simplório, apesar da boa condição financeira. Foi seu segundo marido.
Latão e Vidal: judeus casamenteiros, assim como Leonor.
Brás da Mata: escudeiro, índole má, primeiro marido de Inês.
Moço: criado de Brás.
Ermitão: antigo pretendente de Inês e amante depois de seu casamento com Pero.
Fernando e Luzia: amigos e vizinhos da mãe de Inês.
(Adaptação)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
TEATRO MEDIEVAL
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Loja] Medieval Revistaria
» Naruto vai ganhar peça de teatro em 2015
» Criações Livres

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
G.P.S.C. de Montargil :: História e Património :: Sala da Cultura-
Ir para: