G.P.S.C. de Montargil
informação
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Últimos assuntos
» MUSEU ONLINE
Ter Abr 29, 2014 8:17 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Dom Abr 27, 2014 7:27 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Sab Abr 26, 2014 11:22 pm por lino mendes

» MUSEU OINLINE
Sab Abr 26, 2014 9:29 pm por lino mendes

» MUSEOLOGIA
Sab Abr 26, 2014 9:21 pm por lino mendes

» JORNAL DOSSABORES
Sex Abr 25, 2014 8:55 am por lino mendes

» LITERATURA
Ter Abr 22, 2014 9:36 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:33 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:31 pm por lino mendes

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Rádio TugaNet
Geo Visitors Map
Agosto 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
CalendárioCalendário

Compartilhe | 
 

 A MALUQUINHA DE ARROIOS

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Antonio Mendes



Número de Mensagens : 823
Data de inscrição : 24/07/2008

MensagemAssunto: A MALUQUINHA DE ARROIOS   Ter Maio 11, 2010 10:13 pm

Teatro em Movimento

A Maluquinha de Arroios
pelo Teatro da Terra



Ao apresentar A Maluquinha de Arroios, e ao nível de que Maria João Luís é garante, o TEATRO DA TERRA confirmou o que todos sabíamos, que se trata de um investimento a merecer todos os aplausos.Trazendo ao concelho alguns artistas de primeira água ,e não ignorando os valores locais, nomeadamente a Orquestra Ligeira da C.M. a conhecida actriz— que encenou e foi primeira figura-- e o seu marido(Pedro Domingos) estão a dar por aqui um poderoso impulso à arte teatral.Onze sessões esgotaram o acolhedor Cine-Teatro da cidade, e fala-se já na sua reposição em 2011.

A Maluquinha de Arroios, uma comédia de costumes que André Brun escreveu e foi estreada no Teatro da República em 1919 contando então entre outros com Ângela Pinto e Chaby Pinheiro e viria nos anos sessenta a ser interpretada por Mirita Casimiro, e mais tarde sob a direcção de Filipe la Féria que igualmente reuniu um elenco fabuloso— Helena Isabel, Maria Vieira, Lídia Franco e outros.

Entretanto, se a peça tem o seu lugar de honra na História do Teatro Português, Maria João Luís é hoje um dos grandes valores do nosso universo artístico,
--------------------------------------------------------------------------------------


Trata-se de um clássico do nosso teatro que passados 91 anos se mostra de certo modo actual, e que nos seus três actos nos conta a história de "uma família de vigaristas que, através de uma série de esquemas de sedução, mentira e logro, consegue levar um nível de vida muito acima das suas possibilidades"

“Baltasar Esteves, o "Esteves do Bacalhau" fez fortuna ao balcão a vender bacalhau, grão e batatas. É casado com a Capitolina e tem um filho e uma filha. O filho é um poeta, a filha lá conseguiu casar com um visconde. Baltasar Esteves é também dono de vários prédios em Lisboa, entre os quais um, em Arroios, onde vive Alzira de Meneses, a quem todos chamam "a maluquinha de Arroios". Alzira de Meneses, para além de ser um pouco destrambelhada é também uma mulher deslumbrante por quem todos os homens perdem a cabeça. E isso vai acontecer ao Baltasar, ao filho e ao genro. Para aumentar a confusão e as trapalhadas, há ainda a D. Perpétua, manicura, calandreira e alcoviteira; Aniceto Abranches, um procurador romântico; o pai da maluquinha, um estroina do pior; a mãe da maluquinha, meia louca e apaixonada, vários criados e ainda um macaco que se enfurece quando chove. “

……………………………………………………………………………………………………

Produção Teatro da Terra, com texto de André Brun, encenação de Maria João Luís, interpretação de Luís Esparteiro, Elsa Galvão, João Didelet, Luís Sopas, Inês Pereira e Maria João Luís, coreografia de Ana Rita Pereira, assistente de encenação Vânia Lavado e figurinos de Mafalda da Costa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
A MALUQUINHA DE ARROIOS
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
G.P.S.C. de Montargil :: História e Património :: Sala da Cultura-
Ir para: