G.P.S.C. de Montargil
informação
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Tópicos similares
Últimos assuntos
» MUSEU ONLINE
Ter Abr 29, 2014 8:17 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Dom Abr 27, 2014 7:27 pm por lino mendes

» MUSEU ONLINE
Sab Abr 26, 2014 11:22 pm por lino mendes

» MUSEU OINLINE
Sab Abr 26, 2014 9:29 pm por lino mendes

» MUSEOLOGIA
Sab Abr 26, 2014 9:21 pm por lino mendes

» JORNAL DOSSABORES
Sex Abr 25, 2014 8:55 am por lino mendes

» LITERATURA
Ter Abr 22, 2014 9:36 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:33 pm por lino mendes

» O LIVRO
Ter Abr 22, 2014 9:31 pm por lino mendes

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Rádio TugaNet
Geo Visitors Map
Dezembro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
CalendárioCalendário

Compartilhe | 
 

 De Mora chega-nos este belo exemplo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Luís Manso



Número de Mensagens : 435
Idade : 56
Localização : Montargil
Data de inscrição : 22/07/2008

MensagemAssunto: De Mora chega-nos este belo exemplo   Dom Fev 21, 2010 10:31 pm

PME
Empresa alentejana de material médico exporta para a Europa quase toda a produção
A crise não bateu à porta de uma pequena empresa familiar de Mora (Évora), com 11 trabalhadores, que exporta para a Europa quase cinco milhões de unidades de material médico e, agora, quer duplicar a produção




«Não temos esse problema [da crise]. Temos reagido bem e este ano está a ser bastante positivo. O objectivo é crescer», afirma à Agência Lusa Liliana Júlio, sócia da Medirm, criada em 2005, com o irmão e o pai. Instalada no Parque Industrial de Mora no ano seguinte, esta Pequena e Média Empresa (PME) alentejana, que iniciou a produção efectiva em 2008, fabrica e embala dispositivos médicos, como kits de penso, diálise, material de gaze (compressas) e bastões de espuma.
Com um total de 11 trabalhadores, a Medirm - Fabrico e Comércio de Dispositivos Médicos, Lda, produziu «cinco milhões de unidades» desses materiais em 2009, exportando para a Europa a quase totalidade, «98 por cento».
«Os nossos mercados são a Suíça, Alemanha e França», adianta Liliana Júlio, apontando como principais clientes os «grandes distribuidores» e «multinacionais», que colocam os seus produtos nos hospitais e clínicas desses países europeus.
Em cada país, refere, os grandes distribuidores europeus «trabalham com pequenos revendedores e escoam o material» da Medirm.
Por outro lado, as empresas multinacionais «compram componentes» feitos em Mora para «utilizarem na fabricação dos próprios produtos».
Na valência fabril da empresa, à qual só se acede com bata, touca e protecções do calçado apropriados, os funcionários, em torno de uma linha de produção, colocam ritmadamente, em cada compartimento das embalagens, os artigos que compõem os kits de penso, como pinças, bolas de gaze, compressas e campos impermeáveis.
Numa outra sala, as embalagens seladas são colocadas em caixas, para armazenamento, e outras funcionárias embalam os bastões de espuma, usados, conta Liliana Júlio, «para humedecer a boca de doentes pós-operatórios, acamados ou em fase terminal, que não podem beber água».
Apesar da concorrência nacional e internacional, a administradora afiança que um dos fatores diferenciadores da sua empresa é o facto de adaptar a produção «à medida» do cliente, não apenas na composição dos kits, com mais ou menos artigos, mas também na própria marca.
«Temos a nossa marca, mas os clientes podem também utilizar o seu próprio nome, apesar da Medirm figurar sempre nas embalagens como fabricante. Isto é uma diferença porque há muitas empresas neste ramo, mas só utilizam a sua marca», exemplifica.
A qualidade dos produtos da PME alentejana, em comparação com os oriundos de outros países, é outro dos trunfos que conquistaram a confiança de suíços, alemães e franceses, por exemplo no que toca aos bastões de espuma, de que a Medirm é «a única» produtora na Europa.
«Este tipo de artigo era muito produzido na China», mas registaram-se «problemas de qualidade», o que levou à preferência pelo produto made in Portugal: «Mesmo cá neste nosso cantinho, ainda somos conhecidos pela qualidade e somos europeus. Isso é uma mais-valia para a Medirm».
Lusa / SOL
http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=163485In
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
djnata

avatar

Número de Mensagens : 446
Idade : 32
Data de inscrição : 19/09/2008

MensagemAssunto: Re: De Mora chega-nos este belo exemplo   Dom Abr 04, 2010 1:18 pm

ainda bem que existem empresas que ainda se conseguem segurar neste tempo onde muitas estão na falência.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
De Mora chega-nos este belo exemplo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Procuro este Pin - BernardoBaptis
» MODELCON 2011 - Belo Horizonte / MG - 08 e 09/10/2011
» [MegaHouse] Saint Seiya Ômega.
» O conhecimento é a arte mais bela de todas...
» Este fim-de-semana Sapateira em Santa Cruz

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
G.P.S.C. de Montargil :: Comunicação DIVULGAÇÂO :: Noticias Gerais-
Ir para: